Ir tomar ne l cu

De Çciclopédia
Saltar pa: nabegaçon, percura
Alguas moças eiducadas peden la Marcelinha que baia pra casa de l caralho, tampe l cu cun ua rolha ou baia percurar un canheiro de rola pra se sentar.

Ir tomar ne l cu ye ua spresson brasileira (Vai tomar no cu) na lhéngua pertuesa que ten semelhante balor semántico a la "Ir dar l rabo" ó "Ir tomar ne l'uolho de l sou cu", custituindo, antoce, un sinónimo desses. Sou sentido lhiteral ye ancoerente dado que, a la sceçones de porblemas genéticos, l'ourifício anal nun ten globo ocular.

Ye tamien ua spresson criada para amostrar qu'hai ua grande cunsidraçon d'amisade, amor, respeito, carinho i cumprenson pula pessona que la scuita. Demunstra i traç poder, alíbio i ua sensaçon de prazer i quien diç esso resolbiu todos ó sous porblemas (ó nó).

Origem[eiditar]

Sua origem é desconhecida por falta de interesse científico, político e filosófico, e é, provavelmente, múltipla por conta da facilidade de construção do comando, já que a frase imperativa obviamente denota o meio da abertura do anus, algo facilmente entendido pelo seu filho ou sobrinho.

Spressones semelhantes na lhéngua pertuesa[eiditar]

  • "Vá se foder" (ou "fuder");
  • "Fecha o teu!";
  • Ou simplesmente, Fecha!
  • Enfie o dedo no teu cu e cheire;
  • Senta na mandioca;
  • Vá dar meia hora de cu;
  • Vá procurar um canavial de rola pra se sentar;
  • Tampe o cu com uma rolha;
  • Vai pra casa do caralho;